Menu

18 de janeiro de 2011

Preciso de ti

Meus dias ficam coloridos sem você 
pois hoje prefiro o preto e branco.
Preto e Branco, apenas duas cores,
como eu e você, apenas nós dois.
Você se esconde sem mim,
e a terceira pessoa ganha a brincadeira.
Me leve onde você for, ou pelo menos deixe uma trilha
para que ela eu siga.
Me diga onde você está,
que ao seu encontro, eu irei.
Me diga o que te faz feliz,
e eu te direi o que me faz.
Venha aqui e me abraçe, e diz que não irá soltar,
pois sem ti, não irei aguentar...
Não, não vá embora, fique onde está,
pois sem você, a tristeza irá chegar.
Não, não me abandone,
pois no mundo, desse jeito, só você que eu vou amar.
Não, não se despeça,
a não ser que tenha certeza que irá voltar...
Ou então, me leve contigo, contigo eu quero andar.
Não, não me deixes, pois sem ti,
 minha vida irá acabar.

17 de janeiro de 2011

Sem você: sem vida .

Sinto-me só, sem vida. 
sinto como se alguém tivesse tirado daqui de dentro
a unica coisa que ainda restava: meu coração.
À dias, eu sentia ele bater mais devagar, sem preça, sem motivo.
hoje não há nada aqui dentro, porque você tirou.
A unica coisa que existia por ti se foi,
e nem pedaçinhos,
para que eu pudesse continuar te amando,
restou.
Minha vida hoje sem nada, e principalmente, sem você
é como um sonho escuro,
onde você anda e não chega a lugar algum, muito menos vê lugar algum.
Ando pelos cantos, na sombra dos outros,
pois nem a minha me faz companhia mais.
E se você voltasse pra mim,
eu faria tudo mudar, como uma mágica, tudo iria voltar,
meu coração por ti a bater e o meu grande motivo, por ti viver.