Menu

20 de fevereiro de 2011

Ansioso Coração

Pedro havia conhecido Mariana a dois meses, cujo os quais foram os melhores da vida dele.  E o maior desejo dele era tê-la junto com ele em todos os momentos, mas Mariana não tinha a mínima ideia disso. Ela não sabia ao menos se ele gostava do jeito dela de ser, mas ela era totalmente apaixonada por ele. Os dois, haviam se visto somente cinco vezes nesses dois meses. Cinco vezes, totalmente suficientes para criar o laço de amor que havia entre eles. Os pensamentos de Pedro eram inteiramente dedicados a Mariana, ele já não sabia o que fazer, pois  coragem para se declarar o faltava. Ele tinha medo de receber um imenso "NÃO!" ou quem sabe até uma difícil cortada dolorosa.Difícil, pois Mariana era a moça mais delicada e linda que ele já tinha conhecido.
Então, numa bela manhã do dia 22 de Novembro, ele decidiu acabar logo com a angustia que o tomava por inteiro. E depois de pensar mais de dez vezes, ele pegou seu telefone, e ligou para ela. Ele não contou nada sobre o que planejava, apenas pediu para vê-la.
Mariana, surpresa, aceitou. Pois nunca passara pela cabeça dela esse tal momento. Então, marcaram de se encontrar no parque da cidade no final da tarde. Pedro, muito ansioso, começou a se arrumar. E a cada momento que parava para ver como estava de aparência, ele pensava em Mariana e nas possibilidades de ela estar a todo momento com ele.
Enfim, chegou o final da tarde, e ele se direcionou apressadamente para o parque. Mariana ainda não havia chegado, ele olhou para o relógio, cujo mesmo marcava 17:05, e, olhando ao seu redor, avista Mariana entrando no parque. Ele vai ao encontro dela, com um belo sorriso no rosto. Ela o vê e o abraça. Naquele momento o coração de Pedro dispara. Então ele a convida pra ir tomar chocolate quente no Bullet's. E foram para lá.
Já marcava 18:10 e o sol ainda não havia sumido. Então ele a levou de volta para o tal parque e decidiu que aquela seria a hora.
- Mariana?
- Sim Pedro?
- Eu, eu, eu..
- Pedro?
- Eu preciso dizer que... Dez do primeiro dia que eu a vi, me apaixonei. Você é totalmente encantadora. Não tenho duvida alguma que quero tê-la ao meu lado, por favor, posso parecer indecente e meio apressado, mas minha decisão está tomada. Não, não vou pedi-la em namoro não, e sim em casamento.
Mariana totalmente sem jeito, fica espantada.
- Pedro, eu..
E interrompendo Mariana no mesmo momento, apresentando uma bela caixinha com um anel lindo dentro, ele diz:
- Mariana. Não, não quero que fale nada, por favor. Agora tomei coragem e vou adiante. Então... Casa comigo?
Mariana olha para ele com os olhos cheios de água. Pedro fica tenso. E Mariana depois de cinco segundos de silencio, responde:
- Sim Pedro! Eu aceito casar com você, e ser sua, somente sua.
Então, uma felicidade imensa preenche o coração de Pedro e ele com o mais lindo sorriso e a mais verdadeira lágrima, a beija.
Não se sabe, se aquele foi o inicio de um grande amor, mas foi o inicio de um amor eterno.



Pauta para a 57ª Edição Visual do Bloínquês.

11 de fevereiro de 2011

Quando eu tinha você ao meu lado

Quando eu tinha você ao meu lado,
os problemas pareciam se desviar de mim..
os problemas e o mundo;
pois meu mundo, era você.
Então, depois que você se foi,
comecei a enxergar o tanto de problemas que existem..
e também, percebi, que eles não se desviavam mais,
vinham diretamente para mim.
Como se alguém os tivesse mirado exatamente para cá.
E vi, o quanto de tristeza e dor você me poupava,
e o quando de paz e alegria você me preenchia.
Hoje, a unica coisa que eu desejo é voltar a ser feliz,
feliz como antes, feliz contigo.
Ouvir você falar que me ama e ao mesmo tempo, 
ver aqueles problemas se desviarem, de um jeito
que eu nunca vira antes.
Hoje o que desejo, é ter você!